Filho de Miriam Leitão articulou com Dallagnol para “queimar” ministros garantistas do STF perante a opinião pública

O coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, orientou os colegas a “queimar” nomes de ministros legalistas do Supremo Tribunal Federal. A conversa aconteceu depois que Dallagnol recebeu dicas do jornalista Vladimir Netto (filho de Miriam Leitão), da TV Globo, sobre a cobertura que a imprensa fazia a respeito da escolha do novo relator a Lava Jato na Corte após a morte de Teori Zavascki em janeiro de 2017.

O receio da força-tarefa era que a relatoria fosse para as mãos de Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski ou Dias Toffoli. Zavascki faleceu devido a um acidente aéreo em 19 de janeiro de 2017 no estado do Rio. As informações sobre a orientação de Dallagnol foram publicadas pelo jornalista Reinaldo Azevedo, em parceria com o The Intercept.

No dia seguinte à queda do helicóptero, membros da Lava Jato iniciaram uma articulação para levar o minitro Luís Roberto Barroso ao posto de relator. Após citar o jornalista a Globo, Dallagnol informa que vai mobilizar os tais “movimentos sociais” e propor um tuitaço para pressionar o STF.

“Caros, falei ontem com Vladimir Neto. Ele acha que nenhum jornal está peitando dizer que sorteio na segunda turma seria loucura, ou falando contra Gilmar, Toffoli ou Lewa, pq se forem escolhidos o jornal estaria queimado com o relator… Concordo que não podemos ajudar, mas podemos queimar. Creio que devemos nos manifestar em off nesse sentido, falando que sorteio é roleta russa e que tememos que Toff, Gilm ou Lew assumam. Em minha leitura, isso não gerará efeito contrário. O que acham?”, escreveu o procurdor em um grupo do Telegram.

“Meu receio é não fazermos nada antes (embora o que possamos fazer é pouco) e depois ficar o caso com um desses. Reclamar depois será absolutamente inócuo. Os movimentos sociais têm falado sobre isso. Posso falar com eles e sugerir um tuitasso contra o sorteio, mas o problema é que sem sorteio a solução de consenso pode não ser boa também… enfim, sugestões? Cruzar os dedos rsrs? Vou sondar minha fonte enquanto isso”, acrescentou.

psx_20190905_0947048735755276363481780.jpg

3 comentários em “Filho de Miriam Leitão articulou com Dallagnol para “queimar” ministros garantistas do STF perante a opinião pública

  1. Lamentável.

  2. A fonte seria os 3 Luís(Fackin, Barroso, Fux)?

  3. #RedeGloboGolpistaEstáNoGolpeAtéAsBolas CANALHAS

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: