“Atrevimento de Bolsonaro não tem limites”, diz decano do STF

Link do vídeo ridículo de Bolsonaro: https://youtu.be/LXVqtYKtMlA

 

Jair Bolsonaro publicou em seu Twitter um vídeo que retrata o STF, partidos políticos e outras instituições como hienas que tentam atacá-lo, enquanto o próprio Bolsonaro é retratado como um leão. O ministro Celso de Mello, o mais antigo do Supremo Tribunal Federal, reagiu com indignação.

Veja a íntegra da resposta enviada pelo ministro Celso de Mello para a Folha de São Paulo:

A ser verdadeira a postagem feita pelo Senhor Presidente da República em sua conta pessoal no “Twitter”, torna-se evidente que o atrevimento presidencial parece não encontrar limites na compostura que um Chefe de Estado deve demonstrar no exercício de suas altas funções, pois o vídeo que equipara, ofensivamente, o Supremo Tribunal Federal a uma “hiena” culmina, de modo absurdo e grosseiro, por falsamente identificar a Suprema Corte como um de seus opositores.

 

8028540_x720.jpg

5 comentários em ““Atrevimento de Bolsonaro não tem limites”, diz decano do STF

  1. Cobra querendo engolir e cobra e cobra querendo ser leão ! Fazer o que , e Brasil

  2. Já é hora de tirar esse projeto de governo do poder..Esse miliciano envergonha nosso Brasil.

  3. Temos que mostra a ele que sua popularidade caiu e hoje se depender do seu eleitor ele teria fora a muito tempo tá na hora de por um fim nesse tipo de gente não se tem respeito com ninguém só pensa em privatização envez de trabalhar e administrar como o lula faz pegou a dívida externa e gerou emprego pra todos governou pra todos brasileiros.

  4. Vaner de Jesus S.ferreira

    Simplesmente ele e indigno de tal cargo com tamanho responsabilidade, E pior e ele não saber que é o presidente da nação e não o chefe de suas milícias!!! Vaner ferreira

  5. JOSÉ FERREIRA DA SILVA

    O pior que vemos alguns, poucos, mas existem órgãos da imprensa enaltecendo as obras até agora produzidas, com ênfase para a diminuição dos homicídios, outros, minions com pancadarias no Lula, que já não está no poder há quase 10 anos. Incrível !

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: