Promotora do MP-RJ que desmentiu porteiro é bolsonarista militante

A promotora do MP- RJ, Carmen Carvalho, que desmentiu o depoimento do porteiro que citou Bolsonaro no assassinato de Marielle, é bolsonarista militante. Em várias postagens nas redes ela deixa claro seu viés ideológico e chegou ao ponto de tietar o deputado Rodrigo Amorim (PSL-RJ), que quebrou a placa de Marielle durante manifestação fascista.

Quem revelou as imagens foi Leandro Demori, do The Intercept Brasil:


Como uma pessoa que fala em “esquerdopata” vai investigar o assassinato da Marielle Franco, que era uma pessoa de esquerda?

1 comentário em “Promotora do MP-RJ que desmentiu porteiro é bolsonarista militante

  1. Raimundo Silva

    Mas uma Delagnola? Esses Procuradores não tem ética e nem vergonha nas caras, pq nao agiu com essa rapidez para elucidar o assassinato da Marieli

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: