Carluxo reconhece que se não tivesse pegado os áudios na portaria antes do MP, hoje certamente já estariam discutindo o impeachment de Bolsonaro

No Twitter, Carlos Bolsonaro se explicou por que acessou os áudios da portaria do condomínio Vivenda da Barra, onde o presidente tem residência:

“Se não tivesse acesso à gravação dos áudios do condomínio onde moro, após a vexatória matéria da Globo, tentando criar NARRATIVA contra o Presidente. Hoje além do linchamento moral proposital que sofre diariamente, certamente já estariam discutindo seu impeachment.”

 

7c6QwrWY_400x400

8 comentários em “Carluxo reconhece que se não tivesse pegado os áudios na portaria antes do MP, hoje certamente já estariam discutindo o impeachment de Bolsonaro

  1. Mostre o post do Twitter.

  2. Gente isso é obstrução de provas, isso da cadeia ,eles não está acima da Lei, que quer isso , o Brasil virou terra de ninguém, onde eles podem fazer o que quer ,
    CADEIA NOS BOLSONAROS.

  3. Francisco Das Chagas

    Eu acredito que depois deste depoimento a justiça vai ser feita. Não tem como mais o Brasil ficar desta forma

  4. Mara wilma Gonçalves

    Só pedindo misericórdia , pois tenho a convicção que no Brasil foi rasgada a constituição e vivemos sobre ameaças.

  5. RETIRAR PROVAS DA SENA DO CRIME, EM QUALQUER PAÍS CIVILIZADO É – CRIME . . .
    COM A PALAVRA O – SUPERIOR TRIBUNAL FEDERAL – . . .

  6. Agenor Lucena Júnior

    Cara vc acha um vantagem dizer q pegou Oi a áudios antes mesmo da judjust pegar, exatamente isso que vc afirma q agora a justiça deveria investigar, vc cometeu crime, vc está obstruindo provas, que seja punido por isso.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: