Fiasco: protesto do MBL pela 2ª instância reúne 80 pessoas em Salvador

Uma manifestação em defesa da prisão após condenação em segunda instância organizada pelo Movimento Brasil Livre (MBL) em Salvador, na Bahia, na manhã deste sábado 9/XI, reuniu apenas 80 pessoas no Farol da Barra.

O pequeno grupo levantava cartazes em defesa do ministro da Justiça, Sergio Moro, e de seu pacote “anticrime”. Os manifestantes ainda se diziam a favor da Proposta de Emenda à Constituição 410/2018, que tramita no Congresso Nacional e visa retomar a possibilidade de prisão após condenação em segundo grau.

A propósito, vale lembrar que, neste sábado, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou um recado aos oportunistas que pensam em subverter a Constituição, após a Suprema Corte reafirmar, em julgamento encerrado na quinta-feira 7/XI, o princípio de presunção da inocência:

“A presunção de inocência não pode ser esvaziada pela legislação. Reformas para dinamizar o processo são oportunas, como a diminuição dos recursos, o adensamento das hipóteses de prisão preventiva e a regulamentação da prescrição. As mudanças devem efetivar a CF; não subvertê-la”, disse Gilmar. Ele foi um dos 6 ministros do STF a votar contra a constitucionalidade das prisões após condenação em segunda instância.

As informações são do site Bahia Notícias

111

 

0 comentário em “Fiasco: protesto do MBL pela 2ª instância reúne 80 pessoas em Salvador

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: