Bolsonaro já começa a fazer história: desmatamento de 2019 foi o maior da década

Reportagem do UOL, publicada neste domingo,  revela que os dados de sistema de satélites que faz o monitoramento anual do desmatamento por corte raso na Amazônia Legal, o Prodes, a serem divulgados na segunda-feira, devem apontar que a região perdeu, entre agosto de 2018 e julho deste ano, entre 9 mil e 11 mil quilômetros quadrados de mata nativa, no maior número registrado desde 2008. “Deve ficar entre 9 mil e 11 mil quilômetros quadrados. Essa é a projeção que se faz com base nos dados que o Deter revelou para esse mesmo período”, disse à Reuters o ex-diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, responsável por monitorar o desmatamento, Gilberto Câmara. O índice também é apontado por outras fontes ouvidas pela Reuters com conhecimento dos dados.

des

 

0 comentário em “Bolsonaro já começa a fazer história: desmatamento de 2019 foi o maior da década

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: