Mídia faz cobertura chapa branca e fraudulenta sobre o PIB de Bolsonaro

Foi constrangedora a forma como foi divulgado pela mídia o PIB do terceiro trimestre. Fizeram parecer que os resultados foram bons, mas, analisando mais detalhadamente, vê-se que foram bastante ruins. Primeiro, constata -se que, a estimativa para o ano fechado não deve , de fato, ir muito além de 1% de crescimento para o PIB. Ou seja, a metade do que havia sido estimado pelo governo e pelo “mercado” no começo do ano (2%). O grave é que, mantido este ritmo, no final de 2022 ainda estaremos abaixo do PIB de 2014 (atualmente estamos cerca de 3,5% abaixo). Como nestes 8 anos a população vai ter crescido um pouco mais de 10%, haverá uma redução da produção de riqueza por habitante (PIB per capita) de mais de 10%!  Olhando o item principal em termos de dinâmica de crescimento, que é o investimento, a mídia pinta como um grande feito o crescimento de 2% em relação ao trimestre anterior. O problema é que os investimentos estão ainda num nível muito inferior à média dos últimos 5 anos do ciclo petista (2010 a 2014, excluindo -se 2015). De fato, mesmo com o crescimento de 2%, a formação bruta de capital fixo neste terceiro trimestre fica em 16,3% do PIB, contra uma média de cerca de 21% no período 2010/2014. E, mantido o ritmo de investimento verificado no ano , é bastante provável que a FBCF em relação ao PIB dificilmente deve ultrapassar os 18% em 2022, ainda muito interior à média de 2010/2014. Olhando de forma mais desagregada os dados, verifica-se que o crescimento é puxado pela agro pecuária e pela indústria extrativa. A indústria de transformação, pelo contrário, teve uma redução de 1% contra o trimestre anterior, continuando em sua marcha batida para o desaparecimento. E mesmo os serviços, cresceram apenas 0,4% (portanto, abaixo do PIB – 0,6%) em relação ao trimestre anterior. Ou seja, avançou-se na  primarizacao da economia. Por fim, as exportações caíram (2,8%) e as importações aumentaram, incrementando ainda mais a vulnerabilidade da economia brasileira e a possibilidade cada vez maior de termos crises cambiais recorrentes, nos moldes da Argentina.

1 comentário em “Mídia faz cobertura chapa branca e fraudulenta sobre o PIB de Bolsonaro

  1. IMPORTARÁ MAIS É, QUE, DA SAFRA RIQUÍSSIMA, ONDE VICEJAM ANÁLISES INTENSAS E PROFUNDAS, O PROGRAMA “DUPLO EXPRESSO”, APRESENTA – O, RÔMULUS MAYA, VEM ACERTANDO COMO UM VIDENTE E ATÉ COMO UMA CASSANDRA, BOAS OU MÁS REALIDADES A SE MATERIALIZAREM, OUTRAS, A DEPENDER DE TODOS NÓS BARRADAS O SERÃO, TAL COMO A DO PACOTE DE MEDIDAS DITATORIAIS E OPRESSORAS NA SEQUÊNCIA DO ASSALTO A DESMANCHAR A CONSTITUIÇÃO DE 1988 POR HELENO, ASSESSOR E FILHOTE DE SILVIO FROTA, ENCARCERADO E NA RESERVA ARREMESSADO POR GEISEL, 1977…ASSIM, OS TEMPOS EXIGEM TODA NOSSA ATENÇÃO E INTENÇÃO DE LUTA CONTRA, PARTICULARMENTE, O PACOTE DE LEIS À ESPERA DE VOTAÇÃO NO CONGRESSO NACIONAL. LOGO, O P.L. 2418, A PERMITIR MONITORAR SITES, BLOGS, CANAIS DO YOUTUBE, ETC…POR PROVEDORES DE INTERNET SOB PRETEXTO DE DETECÇÃO DE “AMEAÇAS TERRORISTAS”. NO EMBRULHO ABERTO, P.L. 442/2019, CLASSIFICANDO, “TERRORISMO”, A MORTE DE POLICIAIS OU DE SEUS PARENTES,EM SUMA, “QUALQUER CONFRONTO COM AGENTES DE SEGURANÇA PASSA A SER UM “ATO DE TERRORISMO”. A SEGUIR, NO CORREDOR POLONÊS DA GESTAPO, O P.L. 1595/2019, AMPLIANDO A DEFINIÇÃO DE TERRORISMO, CRIA UM ESTADO POLICIAL PERMANENTE, E ABRE – SE A VISÃO SOMBRIA DE UM P.L. 3389/2019 QUE ACABA COM O ANONIMATO NA INTERNET AO EXIGIR O C.P.F DOS USUÁRIOS. AO CABO E AO FIM NESSA SINFONIA DE HORRORES, FECHA – SE A CORTINA COM O DECRETO LEI DO ” PRESIDENTE ” ?, A LIBERAR À INVESTIGAÇÃO PELO ESTADO OS DADOS PESSOAIS DE TODO E QUALQUER CIDADÃO..

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: