Finlândia reduz jornada para 4 dias e até 6 horas de trabalho

Para a primeira-ministra Sanna Marin,  o modelo pode ajudar a ampliar o bem estar social do país. “Eu acredito que as pessoas merecem passar mais tempo com suas famílias, com as pessoas que elas amam, com seus hobbies e com outros aspectos de suas vidas, como o consumo de cultura. Esse pode ser um grande passo para todos nós no que se refere à vida e ao trabalho”, afirmou ao Parlamento.

A primeira-ministra da Finlândia – a segunda chefe de estado mais jovem do planeta, com apenas 34 anos – declarou que a jornada de trabalho ideal deveria ser de 6 horas por dia durante 4 dias úteis. Atualmente, o país tem um modelo similar ao brasileiro, com uma jornada de 40 horas semanais (5 dias por semana, 8 horas por dia).

sana

A informação foi adiantada pelo periódico britânico Daily Mail, nesta segunda-feira (6). Atualmente, o regime de trabalho no país é de oito horas por dia, cinco dias por semana.

A Finlândia segue na contramão de bilionários como Jack Ma, CEO e fundador do Ali Baba, que acredita em uma jornada de trabalho de 72 horas por semana. Entretanto, centenas de estudos demonstram que, quanto maior o tempo de um empregado em seu posto, maior é sua insatisfação, descompromissão e insubordinação no emprego.

EU Chief Of State Summit

Outra experiência de redução da jornada foi bem sucedida no Japão, um dos países com grande índice de esgotamento por excesso de trabalho. A Microsoft implementou a jornada sueca, agora copiada pela Finlândia. Em todas as experiências realizadas neste sentido, houve aumento de produtividade – em média em 39,9% – e melhora na percepção de qualidade de vida dos trabalhadores.

Antes de assumir o posto de primeira-ministra, quando era ministra dos Transportes, Sanna já defendia a redução de jornada. A proposta foi bem aceita pelos demais ministros do país. Líder da Aliança pela Esquerda no país, o ministro da Educação, Li Andersson, este é importante passo da primeira-ministra no sentido de cumprir com promessas de campanha.

Sanna Marin PM Of Finland At European Council

0 comentário em “Finlândia reduz jornada para 4 dias e até 6 horas de trabalho

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: